CLIPPING: CIRCUITO CULTURAL DA RIBEIRA NA TRIBUNA DO NORTE

Yuno Silva – repórter

A palavra ecletismo foi conjugada em todos os sentidos na terça-feira de Carnaval. Quem desceu até o bairro histórico da Ribeira, pôde conferir a primeira edição do Circuito Cultural Ribeira, uma das melhores programações do período momesco com shows das bandas Trem Fantasma (rock de qualidade feito para o público infantil), Rosa de Pedra, Camarones Orquestra Guitarrística, as convidadas Canastra (RJ) e Cabruera (PB), mais a Banda de Choro do Buraco da Catita e o Baile Sem Perder O Passo, projeto da cantora Valéria Oliveira.

fotos: yuno silvaMais de mil pessoas atenderam ao chamado da folia Sem Perder o Passo, terça no Circuito RibeiraMais de mil pessoas atenderam ao chamado da folia Sem Perder o Passo, terça no Circuito Ribeira

Mas, como era de se esperar, o público que lotou a rua Frei Miguelinho estava mesmo era ansioso pela performance da banda DuSouto, que encerrou a noite de maneira apoteótica. Os alicerces dos antigos casarões vibraram com a massa sonora que saia do palco e se misturava com coro de mais de mil vozes que sabiam de cor e salteado o repertório do trio Gustavo Lamartine, Paulo Souto e Gabriel Souto. Está mais que na hora do grupo ganhar o mundo!

Tudo seria perfeito se a falta de noção de uma pequena parcela do público não tivesse invadido o espaço alheio e agredido, mesmo que involuntariamente, algumas pessoas. Rodas de pogo (aquele aparente tumulto que se forma próximo ao palco) são sempre bem vindas, desde que se respeite minimamente quem está em volta! Felizmente o público é da paz e nada de grave aconteceu.

Porém, antes do show, uma surpresa: Gustavo e Paulo confirmaram presença do General Junkie durante a próxima edição do Festival DoSol, em show inédito A banda, sempre lembrada nas rodinhas onde a faixa etária gira em torno dos 30 anos, e que também traz na formação original o baterista Marcelo Costa, deve matar a saudade de uma geração que presenciou um dos momentos mais férteis do roquenrrou natalense.

O Circuito, fruto da parceria entre o Centro Cultural DoSol e a Casa da Ribeira, dois espaços que estão completando 10 anos de atividades em 2011, tem patrocínio da Conexão Vivo e a meta, nas próximas sete edições mensais (sempre no primeiro domingo de cada mês), é movimentar outros pontos que também trabalham com arte e cultura no bairro. Além do DoSol e da Casa, também estão nessa lista o Buraco da Catita, os bares Galpão 29 e Central Ribeira, a sede do grupo Gira Dança, o ateliê Flávio Freitas, entre outros parceiros.

“A partir de uma programação de qualidade e gratuita (shows, exposições, espetáculos de dança e teatro), queremos que as pessoas ampliem seus olhares para a Ribeira, que passem a frequentar o bairro e valorizar esse lugar como patrimônio histórico”, informou o produtor Anderson Foca (DoSol). A próxima edição do Circuito Cultural Ribeira acontece dia 3 de abril.

http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/volta-do-general-junkie-e-confirmada-por-trio/174963

Esta entrada foi publicada em Clipping. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta