CAMARONES. TALMA&GADELHA E VIVENDO DO ÓCIO EM MOSSORÓ : CORREIO DA TARDE

explosivo, melódico e nostálgico. Assim pode ser definida a sonoridade da banda baiana, no seu recém-lançado terceiro álbum, “O Pensamento é Um Ímã.”

O mais novo álbum tem a assinatura de Rafael Ramos (conhecido por trabalhar com, entre outros, Matanza, Cachorro Grande, Pitty, Dead Fish e Los Hermanos) e Chuck Hipolitho (ex-Forgotten Boys, atual Vespas Mandarinas e VJ da MTV).

O disco foi masterizado em Los Angeles, nos Estados Unidos, pelo prestigiadíssimo Brian “Big Bass” Gardner, que trabalhou com, entre outros, Foo Fighters, Queens of the Stone Age e David Bowie.

A banda baiana, Vivendo do Ócio, é composta pelo vocalista e guitarrista Jajá Cardoso, pelo baixista e vocalista Luca Bori, pelo guitarrista Davide Bori e pelo baterista Deguito Reis.

O grupo surgiu em 2006, quando Jajá e Luca se reuniram para tocar em casa, no Centro Histórico de Salvador (BA), e as referências vão de Beatles e Rolling Stones a Strokes, Hives e Arctic Monkeys. Em 2008, eles lançaram o álbum “Teorias de Amor Moderno” e, no ano seguinte, “Nem Sempre Tão Normal”.

A proposta desse terceiro álbum, “O Pensamento é Um Ímã”, fica explícita logo na primeira canção, “Bomba Relógio”, que mistura um rock pulsante com uma letra bastante ácida: “Demorei pra ver no que errei / Andando em círculos / Era pra ser menos difícil / Existem coisas a considerar / Mesmo assim não vou negar o fim / Você fique aí achando que eu pirei / Já fiz minha escola / Não vou repetir outra vez”.

Além de “Bomba Relógio”, que está no mais novo álbum, o repertório da banda, ainda, inclui os sucessos “Silas” e “Eu Gastei”.

CAMARONES

Depois de uma primeira parte da tour 2012 toda fora de casa o Camarones Orquestra Guitarrística volta ao Rio Grande do Norte para uma série de shows.

Desde a semana passada o grupo já vem se apresentando nos principais palcos dedicados ao rock em Natal. E, hoje, é a vez de Mossoró. Além do show o grupo ainda grava programa especial em emissoras da cidade.

TALMA & GADELHA

O Talma & Gadelha é uma banda bem nova de Natal-RN, que surgiu a partir do Projeto Incubadora, uma iniciativa do selo e produtora DoSol em comemoração aos seus 10 anos de existência.

O DoSol é capitaneado pelo produtor Anderson Foca, que convidou a Simona Talma e o Luiz Gadelha, (amigos antigos e já conhecidos na cena potiguar pelos seus trabalhos solo) para unirem suas composições em um CD.

Nascia então, meio que por acidente, a banda Talma & Gadelha e seu disco debut, intitulado “Matando o amor” (março de 2011), com 10 canções compostas pela dupla dentro de vários estilos do rock. A produção ficou por conta de Anderson Foca e os arranjos por Henrique Rocha e Cris Botarelli.

Matando o Amor gerou muitas expectativas e, antes mesmo do show de seu lançamento, obteve recorde de downloads e várias citações na imprensa local.

Apesar de não ter completado ainda um ano de existência, a banda vem arrebatando simpatizantes pela cidade e fora dela, e produz freneticamente! Já lançou três clipes (Roqueiro e a Hippie / Se Fosse Feio / Mais Uma Cereja) e fez parcerias importantes, como a composição de uma música em conjunto com o Camarones Orquestra Guitarrística (RN) e duas com a cantora paulistana Andreia Dias.

Além disso, em 2011 foi escalada pra tocar em alguns dos mais importantes eventos relacionados à música no Brasil, como a Feira da Música em Fortaleza, projeto BNB e projeto Pratas da Casa, do Sesc Pompéia-SP, além de vários festivais, como o Festival Suíça Baiana em Vitória da Conquista (BA), Feira Noise em Feira de Santana (BA) Festival DoSol (RN). Na mídia em geral, além de frequentes citações e entrevistas na imprensa local, já participaram do TV Trama virtual transmitido pela TV Cultura e do programa Udigrudi na Play TV.

http://www.correiodatarde.com.br/editorias/tudo-71051

Esta entrada foi publicada em Clipping. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta